GESTÃO E IMPLEMENTAÇÃO

O projeto será implementado a nível nacional (de acordo com a modalidade de execução NIM UNDP) pela DGE que será responsável pela consecução dos resultados do mesmo, tendo como parceiro de implementação a DNA. O PNUD e a DGE juntos formarão órgão de gestão do projeto, reunindo-se uma vez por ano para supervisionar a implementação do projeto, e aprovar o orçamento anual.

 

A unidade de gestão e de implementação do projeto (UGP)  será composto por:

 

Diretor Nacional do Projeto (DNP) , que é o responsável pela orientação estratégica global da gestão do Projeto, incluindo todos os tramites descritos no ProDoc (Documento de projeto), e assegura a coordenação com os vários ministérios e agências orientando a equipa do projeto quanto à coordenação com o PNUD, e às disposições administrativas estipuladas pelo Governo e pelo PNUD;

 

Coordenador Nacional do Projeto (CNP), é o responsável pela coordenação das atividades realizadas pela Unidade de Gestão e implementação atempada das componentes do projeto, assim como gerir as operações diárias do projeto a nível administrativo, financeiro e operacionais da implementação;

 

•  Assistente Nacional de Projeto (ANP), tem a função de apoiar o coordenador Nacional de projeto;

 

Agências prestadoras do serviços (empresas, joint ventures ou consórcios) na área de construção civil e de eletrodomésticos. Serão selecionadas para prestação de assistência técnica em atividades que serão realizadas em todos as componentes relevantes do projeto;

 

Serão constituídos dois comités técnicos do projeto ( edifícios e equipamentos) , que apoiarão nas tomadas de decisões técnicas.

 

Também será criado o Comité de Pilotagem que compete orientar e supervisonar ao mais alto nível a execução do projeto levado a cabo pela equipa de gestão e coordenação criada para tal, aprovar os planos de trabalhos que forem submetidas a sua apreciação, proceder a revisões orçamentais do projeto e tomar decisões que couberem nesse âmbito.