Objetivo e metas

O objetivo principal do projeto é eliminar as barreiras à eficiência energética em edifícios e electrodomésticos em Cabo Verde. O objectivo é permitir e facilitar a transformação do mercado, conduzindo a uma substancial economia de energia e redução dos gases com efeito de estufa, através da introdução de novos códigos de construção e programas de labelização, procedimentos de teste, regulação de importação e certificação dos eletrodomésticos.

 

Espera-se, com a implementação deste projeto, alcançar reduções de emissões diretas de 297,8 ktCO2e através de projetos-piloto de demonstração, de normas mínimas de eficiência energética e padrões de eficiência hídrica para edifícios e eletrodomésticos. A previsão de redução de emissões indiretas ronda os 703,9 ktCO2e resultantes de actividades de multiplicação e disseminação a partir da implementação do projeto.

 

O projeto proposto é agrupado em quatro (4) componentes, cada uma composta de uma série de atividades complementares destinadas a alcançar a meta do projeto:

 

1. Quadro institucional, político e legislativo favorecedor da eficiência energética nos edifícios;

2. Melhoria da EE dos equipamentos através de Normas e Etiquetagem Energética;

3. Soluções de EE demonstradas através de projetos piloto em edifícios públicos;

4. Replicação e disseminação das melhores práticas e lições aprendidas;

 

A implementação do PEEE acarretará benefícios ambientais a nível internacional, uma vez que influenciará ações que resultem na redução das emissões de GEE. As estimativas iniciais sugerem possíveis poupanças de até 1.158.180 MWh resultantes da melhoria da eficiência energética em Cabo Verde ao longo de um período de  10 anos numa média de cerca de 115.818 MWh por ano. Com um fator de rede de 0,492 tCO2 / MWh, isso sugere reduções de CO2 de aproximadamente 703,9 ktCO2 durante 10 anos ou aproximadamente 70,3kt de CO2 por ano.

 

poupana